Sem votos suficientes até para levar a eleição para o segundo turno, a oligarquia Sarney resolveu adotar uma estratégia dupla para frear o crescimento de Flávio Dino e tentar tomar o poder no Maranhão por meio de mais um golpe judiciário.

Na edição desta terça-feira, o jornal O Estado do Maranhão informa que o MDB, partido da família Sarney, vai tentar o tapetão ingressando com uma série de ações vislumbrando uma impugnação da chapa do governador Flávio Dino.

O alvo é uma suposta inelegibilidade do vice-governador Carlos Brandão que, segundo os Sarney, seria suficiente para impugnar a chapa de Flávio Dino.

Além da tentativa de mais um golpe via judiciário – em 2009 a oligarquia conseguiu cassar o mandato do então governador Jackson Lago para colocar Roseana em seu lugar – a estratégia sarneyzista visa também um efeito midiático.

A ordem dentro do império da comunicação do clã é bagunçar o pleito eleitoral colocando dúvidas sobre a candidatura de Flávio Dino. Como sabe que perderão nas urnas e na justiça, eles tentam, pelo menos, confundir a cabeça do eleitor maranhense.

E tudo isso admitem publicamente. Tamanho o desespero que paira na oposição sarneyzista atualmente.