Blog do Waldemar

STF: Ministro Barroso diz que poucos presos no Brasil têm mais provas do que havia no caso Aécio

Num dos trechos de sua entrevista à BBC, o ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, lamentou a impunidade do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e apontou o excesso de provas contra o político mineiro: a gravação, o pedido de dinheiro, a entrega com a mala e até a ameaça de matar o primo; Barroso disse ainda que, dos 650 mil detentos brasileiros, poucos estão presos com tantas provas como havia no caso Aécio; confira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *