Blog do Waldemar

LAVA-JATO: Odebrecht diz que Serra levou R$ 52,4 milhões em propina

Um dos principais articuladores do golpe de 2016 e também responsável pelo projeto de entrega do pré-sal, o senador José Serra (PSDB-SP) é um dos maiores corruptos do Brasil, segundo a Odebrecht; o delator Pedro Novis, ex-presidente da empreiteira, acusa Serra de receber R$ 52,4 milhões em propinas — valor superior até ao que foi encontrado no bunker de Geddel Vieira Lima; segundo Novis, Serra recebeu propina de R$ 23,3 milhões em 2010, como contrapartida à liberação, pelo governo paulista, de R$ 170 milhões em créditos devidos à Odebrecht

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *