Blog do Waldemar

JUSTIÇA FALHA: Com voto de Toffoli, STF vai enterrar prisão após condenação em 2ª instância

O STF (Supremo Tribunal Federal) retoma, às 14h de hoje, o julgamento sobre a constitucionalidade da prisão de condenados em segunda instância. Este será o quarto dia do julgamento, iniciado em 17 de outubro.

 

Gio Mendes, do UOL

 

Até o momento os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto e Luiz Fux votaram a favor das prisões de condenados em segunda instância. Marco Aurélio, relator da ação, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski votaram contra esse entendimento.
Ainda faltam os votos de quatro ministros: Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente do STF, Dias Toffoli.
Cármen Lúcia tem se posicionado favoravelmente à prisão em segunda instância. Já Gilmar Mendes e o decano Celso de Mello são apontados como votos contrários à execução da pena antes que se esgote os recursos a tribunais superiores. O voto de desempate deverá caber a Toffoli.
Desde 2016, o entendimento da corte é o de que o encarceramento de condenados nessa fase do processo é constitucional. Se a jurisprudência no país mudar, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá deixar a prisão.
O que mais você precisa saber
Senado aprova em 1º turno texto principal da PEC paralela da Previdência
Senado aprova em 1º turno texto principal da PEC paralela da Previdência
Após leilão sem concorrência, governo tenta vender hoje 5 áreas do pré-sal
Após leilão sem concorrência, governo tenta vender hoje 5 áreas do pré-sal
Pacote de Guedes deve liberar até R$ 7 bi para emendas parlamentares
Pacote de Guedes deve liberar até R$ 7 bi para emendas parlamentares
No 1º jogo sem Carille, Corinthians bate Fortaleza por 3 a 2 no Brasileirão
No 1º jogo sem Carille, Corinthians bate Fortaleza por 3 a 2 no Brasileirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *