Blog do Waldemar

IMPERATRIZ: Deoclides diz que Mesa Redonda discutiu investimentos de R$ 24 mi na reestruturação do aeroporto da cidade

As adequações e as melhorias nos serviços aeroportuários de Imperatriz, segunda maior cidade maranhense, são essenciais para o desenvolvimento da região. Como resultado de um requerimento de minha autoria protocolado em junho deste ano, na Comissão da Integração Nacional e da Amazônia (CINDRA) aconteceu uma Mesa Redonda nesta quarta-feira feira(27),  em Imperatriz.

Dentre os assuntos tratados estavam: o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR) e os problemas operacionais do aeroporto Prefeito Renato Moreira. A cidade ocupa a posição de segundo maior centro econômico, político, educacional, e populacional do Maranhão e o aeroporto atende também moradores do Pará e Tocantins. Sendo assim, os investimentos para 2018 são fundamentais para que o local continue operando com segurança, evitando atrasos ou cancelamento de voos.

O titular da Secretaria Nacional de Aviação (SAC), Dario Rais Lopes, garantiu que o orçamento  prevê R$ 24 milhões para a reestruturação do aeroporto. O investimento será aplicado na implantação de sistema de balizamento luminoso e de controle de monitoramento, na reforma da pista de pouso e decolagem, além de outros serviços.

Na oportunidade, o major especialista do CTA, Antonio  Eduardo Santilli, explicou que o aeroporto opera desde 14 de setembro de 2017 com a segurança reforçada pelo Procedimento de Aproximação RNAV (GNSS) – Cartas de Aproximação; as operações de pousos e decolagens contam com o radiotransmissor NDB e o equipamento eletrônico VOR. O local conta ainda com o  PAPI (Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão), que é um sistema de ajuste visual responsável por indicar a rampa de aproximação na pista,  e duas Cartas de Aproximação, que permitem aproximação das aeronaves em condições meteorológicas adversas.

Também estiveram presentes, no evento, o superintendente do aeroporto, Manoel de Brito Carvalho; o Presidente SINDUSCON, Fábio Ribeiro Nahuz;  Clinewton Dias, representando a FIEMA; a deputada estadual, Valéria Macedo, e representantes do Corpo de Bombeiros, e técnicos da Infraero. “Agradeço aos participantes e estamos confiantes que, em 2018, depois de reformado, o aeroporto de Imperatriz  receberá passageiros em quantidade cada vez maior. Vamos cobrar para que as empresas de aviação operem com aeronaves e pilotos habilitados, dentro dos novos padrões de segurança, prestem bons serviços,  contribuindo para o desenvolvimento econômico e o potencial turístico de toda a região”, finalizou Deoclides.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *