Blog do Waldemar

GOLPE DA REDUÇÃO DE PENA: Cabral, mulher e ex-secretário são aprovados em vestibular

Condenado na Lava Jato a penas que somam 72 anos de prisão, o ex-governador do Rio de Janeiro aposta nos estudos para tentar reduzir o temporada atrás das grades. Nesta semana o político recebeu a notícia da aprovação no vestibular de Teologia, na modalidade à distância (EAD).

Se decidir mesmo cursar a graduação, Cabral terá companhia nos estudos. A mulher Adriana Ancelmo e o ex-secretário estadual Wilson Carvalho, ambos presos no Rio, disputaram uma vaga. Todos foram aprovados no processo seletivo da Fabapar (Faculdades Batista do Paraná).

De acordo com o ranking, Adriana Ancelmo foi a melhor colocada do trio:

O cronograma de estudo do pivô da Lava Jato carioca não para por aí. Sérgio Cabral foi autorizado pelo juiz federal Marcelo Bretas e na próxima 3ª feira (12.dez.2017) vai cursar o Enem. O político vai tentar uma vaga no curso de História.

TEMPO LIVRE

Condenados a décadas de prisão pelos crimes investigados na Lava Jato, o estudo virou uma “esperança” para vário detentos. Se comprovarem à Justiça que estudam e lêem, por exemplo, os presos podem ter as penas reduzidas.

Estratégia também tem sido usada pelo operador Lúcio Funaro e pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *