Blog do Waldemar

FIM DA LINHA: Ricardo Murad não ganha mais nem eleição de Câmara em Coroatá

O ex-secretário de saúde do Maranhão e investigado pela Polícia Federal como chefe da organização criminosa que roubou dos cofres do estado mais de R$ 1 bilhão, Ricardo Murad, já pode dar adeus às eleições deste ano

Se não bastasse a derrota da esposa Teresa, que foi defenestrada da Prefeitura de Coroatá em 2016, Ricardo perde agora até eleição para presidência da Câmara Municipal.

O ex-secretário tinha o controle do parlamento municipal através do vereador Josean, que fica na presidência até dezembro.

O fato é que o vereador Júnior pediu a ele pra ser o novo presidente, mas Ricardo não aceitou. O ex-secretário tinha preferência pelo vereador Zé Branco, que é pai da ex-secretária de saúde da prefeitura e sogro do Feliciano (que era o prefeito de fato na gestão de Teresa Murad).

O vereador Júnior não gostou nenhum pouco da articulação de Ricardo e se aliou aos parlamentares ligados ao prefeito Luís da Amovelar Filho. A nova aliança elegeu o vereador, que era aliado dos Murad, presidente do parlamento municipal no biênio 2019/2020.

A derrota caiu como uma bomba na cabeça de Ricardo que, em outubro, vai ter a árdua missão de tentar reeleger o ofusco Souza Neto na Assembleia Legislativa e eleger a destemperada Andréa Murad na Câmara Federal.

Sem os “recursos” da Secretaria de Estado da Saúde, sem a Prefeitura de Coroatá e agora sem a presidência da Câmara Municipal, o futuro de Murad será “a treva”.

Do Marrapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *