Blog do Waldemar

ESCOLAS DIGNAS: População de municípios maranhenses celebra a entrega de mais três unidades, nesta quarta (12)

Um dia para ficar marcado na memória dos moradores de Governador Newton Bello e Buriticupu com a inauguração de três escolas dignas nesta quarta-feira (11). As unidades foram esperadas por décadas pela população de ambos municípios.
Distante quase 300 km da capital maranhense, Newton Bello recebeu duas unidades escolares novas. Com essas, o município, que faz parte do Programa Mais IDH, chega a 4 escolas dignas e uma quadra poliesportiva coberta, construídas pelo Governo do Estado.
As novas Escolas Municipais Vereador Jaime Teles e Manuel José da Silva, localizadas nos Povoados Londrina e Barracão de Madeira, respectivamente, realizaram o sonho de muitas famílias, que há tempos esperavam por espaços adequados para seus filhos estudarem com dignidade e segurança.
Além da escola, o Povoado Londrina recebeu um poço que fornecerá água de qualidade, beneficiando 164 famílias dessa comunidade. Os investimentos para a execução dos prédios escolares foram da ordem de aproximadamente R$ 1.300.000.00, que possibilitaram a construção de espaços escolares com 4 salas de aula, sala de professores cozinhas, banheiros adaptados e pátios externos, entre outros espaços.
A cerimônia de inauguração contou com a participação de integrantes do projeto “Muse&cola”, formado por músicos estudantes de escolas do município e que receberam instrumentos musicais, doados pelo Governo do Estado.
O prefeito de Governador Newton Bello, Roberto Silva Araújo, agradeceu o Governo do Estado pela entrega das escolas aos moradores dos Povoados Londrina e Barracão de Madeira e ressaltou que os investimentos feitos para a construção das escolas garantirão mais qualidade de vida e educação para as comunidades.
“Hoje, estamos recebendo mais duas escolas dignas do nosso governador Flávio Dino. Ficamos muito honrados com a entrega dessas escolas, que vão trazer muitos benefícios para os alunos das comunidades Londrina e Barracão de Madeira. O governador, juntamente com o secretário de Educação, Felipe Camarão, atendeu o nosso pedido e essa ação irá trazer mais qualidade de vida, mais educação para o nosso povo. Estamos muito felizes, obrigado”, ressaltou.
Gilvan Alves, secretário Adjunto em exercício da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), destacou a importância da participação do Governo do Estado na contribuição com os municípios em defesa de uma educação de qualidade para todos.
“O Governo do Maranhão está inaugurando uma série de obras que incluem escolas, restaurantes populares, estradas e títulos de terra. Reafirmamos o compromisso do governo em manter a parceria com a prefeitura. Só de mãos dadas podemos realizar essas ações. Essas crianças que aqui estudarão serão profissionais de excelência no futuro. A escola é de vocês, cuidem como se fosse a extensão da casa de vocês”, destacou.
Participaram também da inauguração, o gestor regional de educação de Zé Doca, Ezequiel Almeida e equipe; a secretária municipal de educação, Josélia Sena, e autoridades locais.
“Newton Bello foi o município da regional de Educação de Zé Doca que mais recebeu benefícios de educação. O governador abraçou a educação do Maranhão, desde a educação infantil ao ensino superior, e Newton Bello está de parabéns porque já recebeu muitas obras do governo, incluindo escolas, quadra poliesportiva coberta, entre outras”, apontou Ezequiel.
O professor de Ciências, André Gomes, da Escola Municipal Vereador Jaime Teles, no povoado Londrina, destacou que a nova escola digna irá possibilitar um ensino melhor aos alunos. “Agora a gente vai usufruir de um ambiente melhor e isso vai nos proporcionar dar uma aula melhor. Acredito que os alunos estão satisfeitos com as novas dependências, a educação está voltada para eles. Nós só temos a agradecer,” salientou.
Patrícia Teles, secretária da Escola Municipal Vereador Jaime Teles, pertence à família fundadora do Povoado Londrina e sobrinha do vereador que dá nome à escola, ressaltou que a chegada da nova escola trará dignidade aos moradores.
“A gente fica até sem palavras. É um momento muito especial, de felicidade, a gente se sente lembrado. Agora, realmente vamos ter dignidade, os nossos filhos, os nossos alunos, a nossa comunidade, com a chegada da nova escola. Graças a Deus, ao governador Flávio Dino e ao prefeito. O nome da escola é uma homenagem muito bonita ao meu tio Jaime Teles, irmão do meu pai, Irineu Teles. Estamos lisonjeados”, agradeceu.
“Agradecido, porque os alunos vão ter um espaço adequado para que aprendizagem seja cada vez mais proveitosa. Sinto satisfação e estou muito alegre porque é uma conquista da comunidade. Espero que todos tirem o melhor proveito possível dessa bela escola”, defendeu Ronaldo Braga Andrade, gestor da escola do povoado Londrina.
No Povoado Barracão de Madeira, a moradora do Dalvina de Sousa Silva revelou que a chegada da nova Escola Municipal Manoel José da Silva é motivo de comemoração para todos os moradores. “O pessoal todinho ficou muito feliz por receber uma escola linda dessa aqui em nosso povoado, principalmente eu, porque tenho um netinho que vai estudar na nova escola e ele me falou que o prédio ficou muito legal e bem pertinho de casa”, comemorou.
Francisco Almeida Costa, de 11 anos, contou que está muito feliz porque vai estudar em uma escola com estrutura ideal para a prática do ensino e ressaltou que a escola antiga não oferecia condições adequadas para os alunos estudarem. “Estou muito feliz com a nova escola, porque a antiga é cheia de rachaduras, o teto não prestava e em uma sala, o forro caiu. Essa escola é toda bem-feita e também fica perto da minha casa”, confessou.
“Eu estou me sentindo muito alegre porque a nova escola foi muito bem construída. Na escola antiga, quando chovia, as salas ficavam todas alagadas e era obrigado a gente ir embora para casa. Agora, vou estudar em uma boa escola perto de casa, não vai ser preciso eu ir na correria para a escola,” elogiou Gustavo de Sousa da Silva, de 12 anos.
Buriticupu
Um recomeço e virada de página. Esse é o sentimento da comunidade escolar do Centro de Ensino Dr. Fernando Castro, em Buriticupu, que fez uma grande festa na entrega da reforma e ampliação da escola, tão esperada há décadas. Essa é a única escola de Ensino Médio do município e possui quase 3 mil estudantes. Em número de alunos, é a maior escola da rede estadual no interior do estado e, desde sua fundação em 1982, não passava por uma obra estruturante. O prédio foi ao longo dos anos local de conhecimento de gerações e gerações de buriticupuenses, como a professora de Português e Produção Textual, Lecy Costa Almeida, que foi estudante da escola e leciona na instituição desde 1994.
“A história da escola se confunde com a minha. Quando eu era aluna, não existia nem muro, era cercada com arame farpado. Depois, aos poucos, as gestões foram melhorando a escola, até chegarmos a esse ponto. Hoje eu estou como quem sonha, encantada com toda essa estrutura, e o sentimento é de pertencimento, porque esta escola faz parte da minha história, estudei aqui, saí e voltei e sou professora. O nosso compromisso é com todos os estudantes e com o aprendizado deles”, afirmou a professora Lecy.
Durante anos a escola conviveu com o problema de superlotação nas salas de aula, que muitas vezes chegava a atrapalhar o desempenho de professores e estudantes. A solução veio agora com a ampliação de seis salas de aula, todas climatizadas. “Nós tínhamos apenas oito salas de aula, para atender 90% da comunidade escolar de Buriticupu. A sensação era de desconforto para todos. Com a ampliação do número de salas a realidade é outra. Este ano, no ato da matrícula, já colocamos número razoável de estudantes por turma, tendo consequências positivas, como melhor condição de trabalho para o professor, maior conforto para o estudante, e, para a nossa alegria, pudemos colocar todos os estudantes menores de idade para estudar durante o dia e não mais à noite”, ressaltou o gestor Marcelo Almeida Pereira.
O Walterlan Santos, de 18 anos, terminou o Ensino Médio na escola e fica feliz por todos que poderão usufruir da nova estrutura. “Sou muito grato por tudo o que aprendi aqui no Fernando Castro. Ano passado eu conquistei o Prêmio Mais Ideb e uma vaga na UEMA, no curso de Agronomia. Nessa escola a gente é incentivado a aprender e buscar sempre mais. Eu fico feliz pelos meus amigos e parentes que vão aproveitar essa estrutura tão bonita e boa”, disse Walterlan.
Para a estudante Endreia Silva, de 15 anos, a escola está bonita demais e ela espera aprender muito para passar no curso de Direito. “Eu tô muito ansiosa para estudar aqui. Essa escola é muito boa e está muito bonita. A minha ex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *