Blog do Waldemar Ter

EMENDA PARLAMENTAR: Deputado Neto Evangelista confirma, em reunião, recurso para realização de cirurgias eletivas em São Luís

Nesta quinta-feira (12), o deputado estadual Neto Evangelista (DEM) confirmou, em reunião com a diretoria do Hospital Carlos Macieira, a destinação de recurso de emenda parlamentar, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, para a realização de cirurgias eletivas, no município de São Luís.
O objetivo, segundo o parlamentar, é agilizar o tratamento dos pacientes que esperam por um procedimento cirúrgico há muito tempo. “Sabe-se que a espera por atendimento médico é um drama pelo qual passam milhares de pacientes que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. No Maranhão, não é diferente. Está provado que o SUS, na prática, ainda não conseguiu trazer eficiência necessária que os nossos cidadãos necessitam”, disse o parlamentar.
Levantamento feito pela Secretaria de Estado da Saúde aponta que o número de pacientes que aguardam na fila por uma cirurgia é alto. “Por isso, entendemos que precisávamos ampliar a oferta de procedimentos, pois a demora na realização de determinado procedimento pode ser decisiva. Estamos somando forças com o governo do estado para que o maior número de pessoas seja atendido”, frisou Neto Evangelista.
O diretor-geral do hospital Carlos Macieira, Dr. Edilson Medeiros, disse que, neste período de crise econômica, qualquer recurso extra que seja destinado à saúde é muito bem-vindo. “As cirurgias eletivas são altamente resolutivas e satisfatórias e os resultados são muito rápidos: o paciente faz o procedimento, não corre risco de complicação e tem alta em até 24h. O resultado é imediato e o impacto financeiro, bem menor”, pontuou.
“Sua ação merece aplauso. Para se ter uma ideia, a lista de espera no município de São Luís para cirurgias de retirada de vesícula por videolaparoscopia é grande e um dos caminhos para contribuir com a diminuição do tempo de espera são os mutirões. Em um único fim de semana, chegaremos a atender 45 pacientes. Além disso, o procedimento se reflete também nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e nas Unidades Mistas de saúde”, completou Edilson Medeiros.
Os mutirões acontecerão aos fins de semana. Nesse primeiro momento, serão realizadas cirurgias urológicas, de hérnia e vesícula e, em uma segunda etapa, o recurso também contemplará pacientes que estão na fila para realização de cirurgias de catarata. “A expectativa é que, em 10 semanas, sejam realizadas 400 cirurgias extras”, finalizou Neto Evangelista.
Presenças
Participaram da reunião o diretor-geral do hospital Carlos Macieira, Dr. Edilson Medeiros; o anestesista, Dr. Alex Tobias; o chefe da cirurgia geral, Dr. José Maria; o cirurgião-geral, Dr. Rodrigo Vasques; o diretor administrativo, Otávio; a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Dra. Carmen Belfort; o supervisor técnico do Instituto Acqua, Cláudio Mendes; a superintendente de Assistência à Saúde, Jamilly Pontes, e a coordenadora do Núcleo de Regulação de Leitos, Laurissa Batalha.

Deixe uma resposta