Blog do Waldemar

CORRUPÇÃO: Mais um executivo confirma fraude de Aécio em obra da Cidade Administrativa

Outro ex-executivo da Odebrecht —desta vez, que não fechou acordo de delação premiada— reforçou acusações de corrupção nas obras da Cidade Administrativa de Minas Gerais; Carlos Berardo Zaeyen afirmou à PF que dois contratos, na prática, teriam sido usados apenas para justificar o repasse de dinheiro; Odebrecht diz que havia acerto entre as empreiteiras para pagamento de 3% do valor total do contrato em propina para o então governador Aécio Neves (PSDB-MG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *