Blog do Waldemar

CENTRÃO DE BOLSONARO RACHA:: PSL enfraquece Lira e apoia candidato de Maia na Comissão de Orçamento

A bancada do PSL na Câmara formalizou nesta terça-feira (13) a criação de um novo bloco partidário junto com Pros e PTB. A criação do grupo marca a saída de mais dois partidos (Pros e PTB) do bloco liderado pelo deputado Arthur Lira (PP-AL).
O PSL também fazia parte do bloco comandado pelo deputado alagoano, mas já havia saído há alguns meses.
>Disputa pela presidência da Câmara e eleições paralisam votações
Leia mais
As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.
Formado no começo do ano para definir os membros da Comissão Mista de Orçamento (CMO), o bloco majoritário da Câmara passou a ser desmembrado desde que o líder do PP intensificou as articulações para ser candidato a sucessor de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência da Casa Legislativa. No fim de julho, MDB e DEM saíram do grupo liderado por Lira. Com 351 deputados até março, o bloco liderado pelo deputado do PP está agora com 135 (PP, PL, PSD, Solidariedade, PSD e Avante). Também já saíram do grupo PSDB, Republicanos, PSC e Patriota.
Acordo firmado no começo do ano definiu que o presidente da CMO seria o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), aliado de Maia. No entanto, Arthur Lira tenta emplacar no posto a deputada Flávia Arruda (PL-DF). A disputa é uma espécie de prévia da eleição para o comando da Câmara em fevereiro de 2021, quando o líder do PP deve enfrentar um aliado de Maia.
Dois importantes deputados do PSL confirmaram ao Congresso em Foco que a sigla vai seguir o acordo firmado no início do ano e apoiar Elmar Nascimento para a presidência da CMO. O Pros também deve apoiar Elmar. Já o PTB ainda não definiu uma posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *