Blog do Waldemar

CAIXA DOIS: Bolsonaro teve 11 milhões de santinhos sem declarar à Justiça Eleitoral

 

A prestação de contas do PSL mostra que a campanha de Jair Bolsonaro para as eleições de 2018 gastou R$ 420 mil na confecção de 10,8 milhões de santinhos, adesivos, panfletos e outros materiais de campanhas, seja isoladamente ou em conjunto com outros candidatos da sigla, mostra reportagem da Folha. O valor difere do declarado pelo presidente.
Parte deste valor usado pelo partido utilizou dinheiro público do fundo eleitoral, o que contraria o discurso de Bolsonaro, que declarou à Justiça um gasto de R$ 2,46 milhões na campanha.
O TSE analisou as contas de Bolsonaro em dezembro e as aprovou com ressalvas, já que determinou a devolução de R$ 8,2 mil por doações recebidas de fontes vedadas ou não identificadas.
Folha procurou o Palácio do Planalto e os diretórios estaduais do PSL envolvidos, mas eles não quiseram se manifestar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *