Blog do Waldemar

ASSEMBLEIA: Flávio Dino mostra legados sociais que marcam avanços na sua gestão no Maranhão

Na última segunda-feira (3), o governador Flávio Dino prestou contas das ações do Governo do Estado na sessão solene que marcou o início dos trabalhos legislativos de 2020. Flávio Dino destacou três legados sociais que marcam a gestão. “Estamos falando de resultados objetivos, concretos. Resultados que não são apenas tangibilizados em cimento, concreto e asfalto. Estamos falando de legados sociais, que são duradouros e sustentáveis, que servem para promover a dignidade da pessoa humana”, afirmou o governador.
Para ele, a tríade de legados, Educação, Saúde e Segurança, exemplifica a construção do edifício que aponta a direção correta de direitos para todos os maranhenses.
Educação
“Da metade dos piores, para a metade dos melhores”, foi como o governador destacou o grande salto da educação no Maranhão que, de 22º estado da federação, passou a ocupar o 13º lugar no ranking nacional que avalia o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). O estado alcançou o maior índice de toda a sua história, com um salto de 2,8 para 3,4 pontos, nos últimos anos.
Em 2020, a meta do Governo é ampliar ainda mais direitos e justiça social para todos, com a materialização de 25 novas escolas em tempo integral, das redes Educa Mais e Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) e criação de um centro bilíngue em tempo integral para o Ensino Fundamental. Ao todo, são 5 mil novas vagas, ampliando o acesso a uma educação de qualidade para todos os maranhenses.
Durante a sessão solene, o governador destacou ainda o projeto de lei, encaminhado pelo Executivo para a Assembleia Legislativa, que prevê novo aumento salarial dos professores da rede pública de ensino. Se aprovado na Assembleia Legislativa, os professores que trabalham no regime de 40 horas, por exemplo, passarão a receber R$ 6.358,96, valor duas vezes maior que o piso nacional.
Com a nova lei, todos os professores, efetivos e contratados, terão reajuste salarial de até 17,5%. Medidas como essa, asseguram a qualidade do ensino e consolidam o Maranhão na liderança do ranking nacional dos estados que pagam os melhores salários aos professores da rede estadual de ensino.
Outro destaque na área educacional: há 5 anos não havia escolas em tempo integral vinculadas à rede pública estadual. Atualmente, o Maranhão possui 49 escolas com o ensino em tempo integral. Só em 2019, foram investidos mais de R$ 326 milhões em obras no ensino técnico e com a implantação e reformas das Escolas Dignas.
Saúde
“Temos hoje a maior rede pública estadual de saúde funcionando em razão da reabertura e funcionamento dos hospitais regionais. Esse é um processo consolidado neste governo que abriu as portas dos hospitais e os mantêm funcionando, com uma quantidade maior de leitos hospitalares e leitos de UTI”, disse o governador ao elencar aspectos do segundo legado social do governo.
Ele citou ainda a implantação de serviços especializados como a Clínica Sorrir, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) e ainda os 840 mil atendimentos da Força Estadual de Saúde. A redução da mortalidade materna pelo 5º ano consecutivo também é uma das marcas da atual gestão estadual.
Durante o seu discurso na Assembleia Legislativa, o governador anunciou uma das metas na área da saúde para este ano: a realização de 200 cirurgias eletivas por dia, o que representa um total de 70 mil cirurgias realizadas durante todo o ano de 2020.
Segurança
Um dos avanços destacados pelo governador na área de Segurança foi o declínio de 72% na taxa de homicídios da região metropolitana de São Luís, um dos maiores decréscimos do Brasil. Esse declínio retirou o Maranhão da lista dos estados mais violentos do Brasil, ao excluir a capital, São Luís, do ranking das 50 cidades mais violentas do mundo.
“Com os investimentos em pessoal e equipamentos, promovemos a redução de 72% na taxa de homicídios na grande São Luís. Temos o maior efetivo policial da história do Maranhão e a maior frota ativa, além de novos prédios, armamentos e tecnologia à disposição”, declarou o governador.
Atualmente, o Maranhão possui mais de 15 mil policiais, caracterizando o maior contingente da história do estado. Além disso, em 2019 foram entregues 137 veículos, totalizando mais de 1.100 desde 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *