Blog do Waldemar

APOSENTADO PELAS URNAS: Lobão fora do poder pela primeira vez desde 1986

 

 

Com a vitória de Weveton Rocha (34,98%) e Eliziane Gama (27,03%) decretada com 96% das urnas apuradas, Edison Lobão (quarto lugar com 9,59%) amarga um melancólico “sepultamento” político nessas eleições, após quatro mandatos no Senado Federal.

Desde 1986 Lobão vinha se mantendo no poder. Aos 83 anos de idade, a velha raposa do MDB foi obrigado a antecipar a própria aposentadoria. Mas a derrota nas urnas já era esperada. As últimas pesquisas de intenção de voto indicavam superioridade de Eliziane e Weverton na disputa.

Sem cargo no Congresso Nacional, Lobão perde prestígio nos cenários nacional e local. O emedebista vinha trabalhando para reconquistar influência no setor energético e na política maranhense, mas a eleição dos coligados de Flávio Dino (PCdoB) frustraram os planos de Lobão.

Sem mandato eletivo, Lobão perde automaticamente o foro privilegiado. Alvo de cinco inquéritos no STF, Lobão pode sofrer novas derrotas em 2019, mas dessa vez nos tribunais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *