Blog do Waldemar Ter

PALESTRA: Deputada Helena Duailibe aborda consolidação e prega fortalecimento do SUS

A deputada Helena Duailibe (Solidariedade) foi uma das palestrantes da I Conferência Livre da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, evento iniciado na manhã desta quarta-feira (13), no auditório Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa, e que se estenderá até esta quinta-feira (14). A parlamentar, que é médica e já foi secretária de Saúde estadual e municipal, abordou a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), propondo, dentre outras coisas, melhor capacitação técnica aos profissionais da área.
Ela disse que o SUS é o melhor plano de saúde, mas que precisa ser reformulado por completo. Destacou, dentre outras prioridades, a necessidade de se estabelecer garantias aos profissionais que operam no sistema, garantindo-lhes estabilidade e ressaltando que isso só é possível mediante concurso público.
Disse ainda que as estratégias na atenção básica de saúde são fundamentais e sugeriu que agentes de endemias e comunitários de saúde atuem em parceria, frisando que a ação conjunta é substancial para o fortalecimento do SUS.
“O SUS é apenas um sistema e seus operadores não podem trabalhar divorciados. Também não se pode estabelecer uma ação separatista entre hospitais de entes federativos distintos. Todos atuam visando a um mesmo objetivo. É uma ação interfederativa e não se pode discriminar um ou outro. O trabalho é conjunto.  A regulação deve ser facilitada e jamais burocratizada”, acrescentou.
A parlamentar acrescentou que são muitos os desafios do SUS, alertando ainda que não se pode gerenciar um sistema gigantesco como esse, sem recursos. “Defendo a capacitação profissional como prioridade e salários compatíveis com as funções, até para se evitar a elevada rotatividade de operadores”.
Acrescentou ainda que um projeto de saúde de tamanha envergadura como o SUS jamais poderá funcionar plenamente e sem falhas, quando um elevado número de operadores fica mudando de cidades, por conta da remuneração, que não permite uma fixação. Destacou ainda que um planejamento que venha a possibilitar melhores salariais e condições de trabalho é uma estratégia adequada para o aperfeiçoamento do SUS.
O evento conta com a participação de representantes do Governo do Estado, do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), profissionais de saúde e usuários do SUS.

 

Deixe uma resposta