Blog do Waldemar Ter

O jornalismo besteirol do Sistema Mirante

Num esforço sem precedentes para tomar os cofres públicos do estado, o Sistema Mirante de Comunicação, na pessoa dos sócios Zequinha, Roseana e Fernando Sarney, decidiu apelar para o panfletismo político em detrimento da seriedade e da responsabilidade editorial exigida de qualquer veículo de comunicação.

Por lá não se pratica mais jornalismo – se é que algum dia fizeram isso. E isso nem a Globo, nem Roberto Prado, nem Rômulo Barbosa, nem o Ministério das Comunicações podem mudar.

O jornal O Estado do Maranhão, por exemplo, tornou-se um resumo diário dos blogs sustentados pela oligarquia. E isso deve perdurar até Fernando Sarney encontrar um corajoso que pague cem mil reais pela marca e pelo parque gráfico do pasquim, já que o secretário de Comunicação e Articulação Política do Maranhão, Márcio Jerry, rejeitou a proposta.

A blogosfera “do outro lado da ponte”, diga-se de passagem, faz a cúpula do sarneyzismo sentir saudades do jornalista Décio Sá diariamente, tamanha a mediocridade pautada pelos escribas que restaram. “Culpa tua, viu Marcão”, teria desabafado um membro do clã em recente almoço na Casa Grande do Calhau.

A TV só fala de buracos. Manhã, tarde, noite e madrugada. O jornalismo gira em torno do desgaste do asfalto na capital. O que leva o leitor mais atento a crer que uma crise existencial deve tomar conta da redação da Mirante depois de concluídas as intervenções do Mais Asfalto e Asfalto na Rua, na Região Metropolitana, já que o sinal da alcunhada TV dos Sarney muito raramente passa do Estreito dos Mosquitos.

Apesar de todos os fatores apontarem para a falência da estratégia midiática do grupo Sarney, o desespero cega a diretoria do Sistema Mirante, fazendo com que a fábrica de mentiras, fake news e besteirol oligárquico não pare por um segundo sequer.

O mais recente alvo dos factoides sarneyzistas é o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia. Envergonhados pela desmoralização pública imposta pela justiça por conta de mais um factoide contra o governador Flávio Dino, cismaram que o atual chefe da PGE não pode mais assinar um ato legal do estado. Era só o que faltava, Marcos Lobo privar o procurador chefe do estado de exercer suas funções previstas na constituição federal e estadual.

Um simples ato anterior a janeiro de 2015 desfaria mais uma mentira da Mirante. Depois eles zangam quando são obrigados a se retratarem. Será que estão com saudades da época em que a PGE negociava acordo de propina com doleiro da Lava Jato?!

O fim do Sistema Mirante de Comunicação está próximo…

5 comentários sobre “O jornalismo besteirol do Sistema Mirante

  1. #Oquestionador

    que ouve a Rádio Mirante percebe-se que a decadência dos ancoras dos programas tanto matutino como vespertino, eles ficam falando amenidades e dando alô somente isso, ou então procurando alguma coisas nos blog que falem mal do governo Flávio Dino.

  2. cosme chaves

    Na verdade, nao e so sistema do outro lado da ponte que nao sabe fazer jornalismo, o que se ve cada escriba na blosgosfera que da ate pena dos tempos do jornalismo serio

Deixe uma resposta