Blog do Waldemar Ter

NOTA OFICIAL EM CODÓ: Pedro Belo afirma que encontro foi informal e não teve caráter político

A seguir, nota oficial na qual o presente do PCdoB de Codó e um dos superintendentes da Secretaria de Agricultura Familiar do Governo Flávio Dino, Pedro Belo, conta que encontro foi informal e não teve caráter político

 

NOTA OFICIAL

“A presente nota se dá em resposta a matéria publicada no blog do De Sá, postada em 09/01/2019 sob o título de “A IMAGEM DO DIA: ISSO PODE, PEDRO BELO?¹” em virtude de matéria correlata publicada pelo Blog do Marco Silva sob o título de “ A IMAGEM DO DIA: Pedro Belo traça planos para 2020 em reunião com lideranças políticas de Codó”², publicada em 08/01/2019.

 

Há mais de dois anos atendi ao convite do Governador Flávio Dino e passei a integrar o quadro de superintendentes da Secretaria de Agricultura Familiar. Na condição de servidor estadual concursado, fui removido da AGED/Codó e transferido para a capital. Sinceramente, gostaria mesmo era de estar em Codó de forma permanente.

Nas minhas atividades, tenho visitado praticamente todos os municípios maranhenses levando sempre algum projeto do governo socialista que não para de investir na qualidade de vida dos mais carentes. Mas, todos os fins de semana faço a viajem de volta, retornando para o âmbito da minha família e para os encontros com meus amigos e amigas.

Quando chego em Codó, recebo várias ligações de pessoas me indagando aonde estou e assim tenho a grata satisfação de encontra-las e abraça-las, seja na minha casa, na rua, na praça, no bar ou até mesmo em um órgão público. No caso em discussão eu não convoquei uma reunião, as pessoas me encontraram na Regional de Saúde e lá conversamos. A minha ida a aquele órgão público se deu em razão de uma visita para informar ao Gestor Regional de Saúde Ribamar Oliveira sobre o Programa Água Doce. Até porque é de interesse da gestão de saúde a qualidade da água, especialmente da zona rural, onde temos ainda muitas pessoas que andam por quilômetros em busca de água potável.

Na regional, conversei também sobre política com os amigos que já estavam lá e com aqueles que chegaram para falar comigo. Portanto, não foi uma reunião agendada e exclusiva para tratar de planos para 2020, mas lá reafirmei que serei pré-candidato a prefeito e citei os motivos e também alguns planos em resposta às indagações que me foram feitas. Isso foi algo rápido e espontâneo, e como não fiz uso de qualquer recurso daquela instituição e ainda por não estar em pré-campanha (até porque não é ano eleitoral), digo que sim, falei de política sociais, dos planos e dos sonhos futuros, porque, afinal, Codó merece o melhor!

Quanto a interpretação do blogueiro, acredito que ele publicou a visão que teve daquele momento, usando os termos “reunião” ou “encontro” para qualificar o fato de ter encontrado alguns amigos e amigas que trabalham e procuram aquele órgão para resolver suas demandas. Mas vale lembrar que qualquer cidadão que se interessa pelo bem de Codó, pode sim falar de planos e projetos para nossa terra, pode sim discutir o seu futuro, pode sim se empenhar nas lutas pelo bem do povo em qualquer lugar, porque a lei não proíbe o livre pensamento, isso é um exercício da liberdade de expressão, do livre arbítrio concedido por Deus e deve ser usado por todos os homens e mulheres de boa fé e tudo se torna melhor ainda entre amigos, ou será que é proibido expressar nossa opinião aos nossos amigos? Eu acredito que não.

Para acompanhar nossos post´s acesse, curta e compartilhe o conteúdo de nossa página:www.facebook.com/pedrobelo65

Deixe uma resposta