Blog do Waldemar Ter

A musa do “quadrilhão”

Definitivamente Roseana não anda com muita sorte em sua tresloucada tentativa de voltar ao poder, saudosa de lagostas e champanhes pagos com dinheiro público.

Primeiro, teve que ver seu especial amigo Geddel ser preso, com todas aquelas malas de dinheiro, sem tempo de dividir o tesouro com seus sócios.

Depois, foi lançada ao governo pelo conhecido mafioso Romero Jucá, que responde a incontáveis processos e inquéritos.

E ontem o golpe fatal: seu pai José Sarney e seu aliado de todas as operações, Lobão, agora respondem a processo como destacados líderes do “quadrilhão” do PMDB.

Com essa sequência, a “guerreira” já definiu a sua fantasia para o próximo carnaval: a musa do “quadrilhão”.

E esse “quadrilhão” vai vendo mais longe o seu sonho dourado de voltar a mandar no Maranhão.

Um comentário sobre “A musa do “quadrilhão”

  1. Celerado

    E o Flávio Dino nem precisa de fantasia. Basta usar um dos seus ternos de advogado de porta de cadeia. Serve pra acompanhar o Lula, a Dilma, o Mercadante, o Palocci, o Weverton Rocha, Waldir Maranhão… A lista é extensa. Vai ganhar muito mais do que o Kakay, kkkkkkk

Deixe uma resposta