Blog do Waldemar Ter

Hildo Rocha, o grande derrotado com a não aprovação do “distritão”

O deputado federal Hildo Rocha e o seu PMDB foram os grandes derrotados na votação da Câmara Federal, na noite de ontem (19), com a rejeição da PEC da reforma política que instituía o chamado “distritão”. O sistema garantiria a eleição ao legislativo aos mais bem votados em cada Estado, porém como não foi aprovado, continua o método proporcional.

O maranhense era um dos principais entusiastas do “distritão”, estava na linha de frente do PMDB para articular a aprovação. Foi dele a iniciativa de realizar reuniões em Brasília e chegou a afirmar que existia uma maioria a favor da reforma. O dever de casa não foi bem feito e apenas 205 deputados apoiaram a alteração, outros 238 foram contrários. Para que a proposta avançasse, eram necessários pelo menos 308 votos.

A manobra dos peemedebistas seria uma forma de assegurar a própria reeleição e, consequentemente, manter o foro privilegiado. Na visão dos parlamentares, o “distritão” dificultaria a renovação da Câmara.

Com o presidente Michel Temer (PMDB) beirando os 90% de rejeição e a oposição sarneyzista cada vez mais desmoralizada, renovar o mandato virou missão quase impossível para Hildo Rocha.

Veja como cada deputado maranhense votou:

Deixe uma resposta