Blog do Waldemar Ter

Há 32 anos, EMA comparava Sarney a Dom Pedro I

Em 1985 anos, neste mesmo dia 7 de setembro, o jornal O Estado do Maranhão estampava a imagem de Sarney com o Imperador Dom Pedro I. O anúncio patrocinado pela extinta Lusitana, rede de supermercados que atendeu aos maranhenses por tantos anos, falava em liberdade, algo que de fato Sarney nunca desejou.

Como a história revelou, o único objetivo de Sarney era a perpetuação no poder e transformou o Maranhão numa verdadeira oligarquia. Mas todo o império tem começo, meio e fim.  Desta forma, em 2014, a família Sarney foi escorraçada do Palácio dos Leões.

Atolado em processos na justiça, Sarney imaginou encerrar sua carreira política como exemplo a ser seguido. No ocaso de sua carreira política, acabou, ao contrário do que esperava, como um execrável traidor da pátria.

Em vez de “independência ou morte”, o peemedebista aos 87 anos ainda luta pela liberdade sim, porém para não terminar atrás das grades.

Um comentário sobre “Há 32 anos, EMA comparava Sarney a Dom Pedro I

  1. Bruno Rocha

    O Ex-Presidente deve ser reconhecido por alguém que nos deu a liberdade sim! Liberdade de expressão foi o que José Sarney nos proporcionou ao conduzir o sistema político do Brasil de Regime Militar para República Democrática Brasileira! Ele nos permitiu criticar, coisa que o Governador Comunista quer abolir em seu mandato; por qualquer crítica que se faça a este Governo, o Governador ingressa com ação judicial em face de quem o critica como meio de intimidar o cidadão! #NÃOADITADURA #FORACOMUNISTAS

Deixe uma resposta